DESTINO

 Destino

DESTINO

 

Meu destino me juntou ao teu

As estrelas brilhavam e já diziam...

Agradeço a oportunidade que me ofereceu

Já estava escrito nos astros que previam...

 
Um simples movimento me aproximou de ti
Como  sem querer, sem nada premeditar...
Não fui bem sucedida ao tentar disto fugir
Uma força poderosa arrastou-me sem forçar...
 
Qual a lição a vida procura agora me mostrar?
Que outros mistérios sondam o  meu coração...
Nesta incógnita variante caminha meu pensar
E estremeço, o que trará essa nova emoção?
 
Mas para que tentar isto agora explicar?
Se não compreenderei nem  em mil anos...
Vou me acalmar... Sei que o melhor é relaxar
Deixar-me-ei levar sem ter planos...
 
Pois na hora certa vou conseguir entender...
O porquê do cosmos juntar meu ser ao teu ser.