ELEFANTE EDU EM: O Aniversário do Urso Uriel

ANA

TURMA DA LETRINHA EM: O Aniversário do Urso Uriel

 

Em um dia ensolarado, a abelhinha Ana acorda feliz, pois é um grande dia. Hoje é o aniversário do urso Uriel.

- Preciso ir ao jardim para colher o néctar das flores. Afinal, hoje é o aniversário do meu grande amigo. Quero presenteá-lo com um gostoso pote de mel, que farei com o néctar colhido das flores do meu jardim.

Assim, seguiu a abelhinha Ana para o jardim que ela havia plantado com muito carinho. Lá Ana colheria o néctar e fabricaria o mel.

- Nossa! - assusta-se Ana, ao ver que seu jardim estava destruído, pois o elefante Edu estava deitado em cima dele.

EDU

- Saia daí, elefante Edu! - exclama a abelhinha Ana, contemplando o jardim destruído.

- Uaaah... - ainda sonolento, boceja o elefante, despertando do sono lentamente.

- O que foi abelhinha Ana? - interroga o elefante Edu, sem entender a reação da amiga.

- Você está deitado em cima do meu jardim! Coitadas das minhas florezinhas, agora estão amassadas.

- Jardim? Que jardim? - questiona Edu.

- Ontem à noite, eu estava tão triste, pois os animais da floresta zombavam da minha tromba por ela ser grande demais. Aqui foi o lugar mais quentinho e macio que encontrei para dormir.

- Pois este lugar quentinho e macio é o jardim que plantei para extrair o néctar das flores e produzir mel.

Ana estava muito furiosa, mas continua explicando:

- Hoje é aniversário do meu querido amigo urso Uriel e eu queria presenteá-lo com um pote de mel, que seria produzido com o néctar das flores deste jardim. Agora será impossível presentear nosso amigo.

- Nossa, abelhinha Ana, peço desculpa. Eu não sabia que uma caminha tão macia assim poderia ser o seu jardim. Somente agora vejo que realmente me deitei em cima das flores.

- E agora? O que vou fazer Edu?

- Calma! Acabei de ter uma ótima ideia! Podemos ir ao riacho, buscar água e regar as flores para reanimá-las.

- Sniff... Sniff... - chora desconsolada a abelhinha Ana que, após ouvir o plano do amigo, acalma-se dizendo:

- Acho que você pode ter razão, elefante Edu. Vamos agora mesmo buscar água para regá-las!

Assim, partiram os dois em direção ao riacho na intenção de buscar bastante água para o jardim.

Chegando lá, o elefante encheu a tromba de água. A abelhinha o acompanhou.

Edu, com a gigantesca tromba, despejou toda água que conseguiu carregar sobre as plantinhas, regando-as.

Logo, as plantinhas começaram a reagir ao tratamento que receberam.

 - Nossa, Edu, veja! As flores estão se erguendo novamente! – contempla feliz a abelhinha Ana.

 - É verdade, Ana. Elas estão ficando bonitas novamente!

 Passado algum tempo, as florezinhas estavam lindas, bem regadas e a abelhinha Ana pode retirar o néctar para produzir o mel do seu amigo, o Ursinho Uriel.

 Ao final do dia...

 - “Parabéns para você, nesta data querida, muitas felicidades, muitos anos de vida.” - canta alegre toda Turminha da Letrinha, festejando o aniversário do urso Uriel.


 EDUU

Uriel, naquele dia, ganhou de presente uma linda festa de aniversário e um gostoso pote de mel produzido pela abelhinha Ana com a ajuda do elefante Edu.

 Daquele dia em diante, o elefante Edu ficou muito feliz, pois percebeu que sua enorme tromba poderia ter várias utilidades. Aprendeu também a não deitar em cima de nenhuma plantinha, não as maltratar e regá-las sempre que podia.