CHUVA

554216

 

CHUVA

 

Chuva que chora em mim,

Desfaça as lágrimas que dos meus olhos veem cair.

 

Embebida em você posso me proteger,

Quando a interrogação em mim bater.

 

Embriaga-me para meus sentimentos esconder,

Usarei suas lágrimas para nublar o meu sofrer.

 

E quando de chorar você parar,

Minhas lágrimas também venha enxugar.

 

Disfarçando, assim, meu pesar,

Para minha dor a ninguém revelar!